Araújo Neto e Chiquinho Oliveira continuam unidos e firmes na amizade, diz reportagem

Grupo de oposição faz movimento na mídia para desmerecer vereadores eleitos da base do governo.

Logo após a vitória nas urnas, o grupo de oposição iniciou um movimento na mídia para tentar desmerecer e prejudicar a imagem de vereadores eleitos da base do governo. Um dos ataques mais recentes a parlamentares eleitos pelo grupo que apoiou Zito foi ao vereador eleito Araújo Neto, com notas publicadas meramente com o objetivo de tentar desconstruir sua imagem.

Em entrevista concedida ao repórter Jair Ribeiro, Araújo Neto lamenta essa tentativa de alguns blogs em colocar a população contra lideranças que foram eleitas pela vontade do povo pra fiscalizar o prefeito eleito e afirma que é preciso muita calma e cautela, para esperar os acontecimentos político e avaliar o que realmente está acontecendo e também filtrar toda e qualquer notícia inverídica.

Araújo Neto ainda afirmou que sua amizade com FC Oliveira permanece intacta e que, infelizmente, Fake News e mentiras continuam circulando com o objetivo de tentar enfraquecer e desconstruir a solidez do grupo político e que o futuro revelará a verdade. “Esse tipo de prática é comum em todos os municípios, onde alguns setores da mídia tentam atacar, sem embasamento e fatos, grupos políticos e políticos de destaque. No entanto o mais importante é o que o tempo mostrará e a avaliação positiva de quem mais importa, que é o povo de Codó”, concluiu o vereador eleito.

Operação da Polícia Civil prende suspeito que participou do planejamento e execução do sequestro do gerente do Banco do Brasil na cidade de Codó

Operação policial realizada pela Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (30/11), no bairro do Turu, em São Luís, um indivíduo investigado por diversos crimes, entre eles planejamento e execução de assaltos a bancos e sequestros, realizados no estado.

Conforme investigação realizada pelo Departamento de Combate ao Roubo à Instituições Financeiras – DCRIF/SEIC, o preso participou do planejamento e execução do sequestro do gerente do Banco do Brasil na cidade de Codó, ocorrido em 16.11.2020; do planejamento e execução do sequestro do gerente do Banco do Nordeste em Caxias em 25.06.2020; bem como da explosão dos bancos do Bradesco e Banco do Brasil de Tutóia, no ano de 2019.

Além da participação nos referidos crimes no estado do Maranhão, o conduzido é detentor de extensa ficha criminal no estado do Ceará, onde é investigado em 16 procedimentos policiais e tem contra si expedido Mandado de Prisão pela explosão do Banco do Brasil na cidade de Massapê/CE.

De acordo com a equipe, a prisão foi possível após diversas diligências investigatórias realizadas pelo DCRIF, com base nos vestígios encontrados durante a Investigação do crime, possibilitando a localização e correta qualificação do conduzido.

Nesta segunda, no momento da prisão, o conduzido chegou a apresentar carteira de motorista e de identidade falsas, razão pela qual também foi preso em flagrante por uso de documento falso.

Após a lavratura do flagrante e cumprimento do Mandado de Prisão, na Superintendência de Investigações Criminais (SEIC), o conduzido foi encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá à disposição da justiça.

ASCOM PCMA