Recém-nascido morre, após ser jogado em lago na cidade de Turilândia

Helena Oliveira

Os moradores da cidade de Turilândia estão em choque com um crime bárbaro cometido nas ultimas horas, pois uma mulher juntamente com seu companheiro jogou uma criança recém-nascida, ainda com o cordão umbilical em um lago da cidade. Em virtude das condições, a criança evoluiu para óbito e seu corpo foi encontrado por pescadores da região.

O serviço de inteligência da policia já está à procura do casal, que já foram identificados, a mãe chama-se Helena Oliveira, que juntamente com seu companheiro, conhecido como Diego, que ainda não foi localizado são os principais suspeitos do crime.

Segundo informações de populares de Turilândia, a moça estava grávida e o seu companheiro alegava que não ficaria com a suspeita, pelo fato do filho não ser dele, sendo que assim que a criança nasceu os suspeitos colocaram a criança no lado alegam os populares.

Ela estava gravida e quando ela teve o bebê, o marido dela disse que não ficaria com ela por que o filho não é dele, ai eles jogaram a criança no lago. Um moço (pescador não identificado), tirar a malhadeira e encontrou a criança na malhadeira. Ela está lá perdendo muito sangue e o marido estava ontem jogando bola e depois num bar bebendo”. Relatam os moradores

E acrescentam, que familiares estão tentando de todas as formas tirar a mãe da criança do município de Turilândia. “Estão fazendo de tudo para tentar tirar a mãe da criança de Turilândia, pois a mãe da suspeita mora na capital federal, Brasília, e os familiares tentam comunicação insistentemente com a mãe da suspeita para fazer a retirada da suspeita”. Concluíram os moradores.

As autoridades e populares buscam pelos responsáveis do crime, e a cidade de Turilândia passa a lamentar a atual realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *