Vereador Pastor Max alerta para o descaso de parte da população de Codó em relação à contaminação pela Covid-19

Vereador Pastor Max – alerta para colapso sanitário

Devido ao aumento do número de casos e de mortes em decorrência do contágio pela Covid-19 no município de Codó, o vereador Pastor Max fez um apelo pela vida dos codoenses e alertou sobre a gravidade e o risco de uma contaminação fora de controle. “Tenho observado com muita preocupação o comportamento das pessoas diante do quadro de pandemia que ainda vivenciamos em nosso município. Parece que está tudo normal, quando na verdade, apesar das melhorias, ainda estamos enfrentando um elevado número de contaminação e que nos exige cuidado e adoção das medidas de prevenção”.

Parte da população não está colaborando

O edil lamentou que, apensar dos esforços do governo municipal em tentar conter a curva de contágio, ainda chegam até as autoridades denuncias de grandes aglomerações acontecendo na cidade, principalmente em bares e sem o mínimo de proteção, como o uso de máscaras. “É claro que temos que buscar retomar nossas vidas aos poucos, nos reinventando, mas não deixando os cuidados de lado ou corremos o risco de pegar e transmitir o vírus de forma irresponsável, podendo até mesmo levar a morte alguém da nossa família que faça parte do grupo de risco”, alertou Max.

Codoenses perdendo a vida

O vereador enumerou as ações e aplicações de recursos no combate a pandemia, como a reestruturação do sistema de saúde, a implantação da UTI, reforma do HGM, implantação do programa Saúde na Hora, entre outras medidas preventivas. “Estamos hoje com um dos mais baixos índices de mortalidade por 100 mil habitantes no Brasil. Nossa curva de crescimento estabilizou, mas nem por isso vamos achar que agora vou voltar a fazer tudo como antes. Não é fácil para ninguém ficar na situação do distanciamento físico e social. Está todo mundo muito ansioso, e com razão, mas precisamos ter paciência, pois não existe ainda vacina e o vírus é mortal”.

Irresponsabilidade de poucos pode levar a fechamento do comércio

Max apelou para que os codoenses tivessem amor a vida e levassem a sério as medidas de precaução. “O compromisso do governo é a preservação da vida, sem perder de vista a recuperação econômica com a reabertura, planejada, cautelosa dos comércios, mas todos nós sabemos que tudo isso pode ir por água abaixo se não adotarmos as medidas de proteção e distanciamento, o que pode tornar todo esse esforço de retomada em vão e causar novamente insegurança a vida e o fechamento de tudo novamente

Colapso sanitário e eleições em 2021

Sendo bem veemente, o parlamentar encerrou sua participação na sessão falando sobre os riscos de um colapso sanitário e eleições em 2021. “O congresso prorrogou as eleições para o mês de novembro. Eu pergunto que diferença faz? Ainda estaremos convivendo com essa pandemia apesar das notícias promissoras de que até setembro uma vacina já esteja pronta. Para mim o ideal era ter prorrogado as eleições até o próximo ano aí daria tempo suficiente para vacinar em massa a nossa população que poderia sair às ruas com mais segurança”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *