10 motivos para investir no meio-sangue Senepol: Genética feita para produção de carne de excelência

Genética feita para produção de carne de excelência

A raça Senepol, pela sua origem (descrita no item acima), tem genética feita para produção de carne. Os animais têm comprimento, profundidade e largura, características que dão à carcaça um grande espaço para preenchimento com carne.  São naturalmente musculosos, com alto percentual de carne nas regiões nobres do animal. Suas pernas são curtas, retirando o excesso de ossatura na carcaça (nas pernas não se deposita carne). A carcaça tem ótimo equilíbrio e acabamento, apresentando rendimento médio de 54%.

Por ser uma raça taurina, a carne tem a típica qualidade de excelência dos taurinos, como o Angus, sem, no entanto, apresentar pelagem abundante, o que impossibilitaria sua criação em países de clima tropical, como o Brasil. O Senepol tem pelo zero e tolerância ao calor, sendo uma raça totalmente adaptada ao clima quente e capaz de se desenvolver em qualquer condição de pastagem. A carne tem tanta excelência que mais de dois terços dos pecuaristas que trabalham com meio-sangue Senepol recebem bonificação dos frigoríficos, segundo estudo conduzido pela Scot Consultoria. Em média, a maior valorização em comparação com outras raças é na venda de novilhas (23%), seguida por boi magro (18%) e bezerro (17%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *